GeoLeiria

Este Blog pretende ser o ponto de encontro e debate dos Geólogos em/de Leiria e de todos aqueles que gostam desta ciência ou de Biologia, Geografia, Ambiente e Astronomia, entre outras. Criado no âmbito do Projecto Ciência Viva VI "À descoberta da Geologia em Leiria", com membros nas Escolas Correia Mateus e Rodrigues Lobo, Núcleo de Espeleologia de Leiria e Centro de Formação de Leiria, neste local serão colocadas novidades locais, nacionais e internacionais, actividades de Escolas e outros.

terça-feira, março 31, 2009

Encontro de Professores de Geociências do Alentejo e Algarve



III Encontro de Professores de Geociências do Alentejo e Algarve


As novas Fronteiras da Geologia
1 e 2 de Maio de 2009
Auditório do Centro Cultural - Vila do Bispo
Acção acreditada com 0,6 créditos.

Informações:
3encontrogeociencias@gmail.com ou
http://www.associacaodpga.org

segunda-feira, março 30, 2009

Paleohumor

Post roubado ao Blog Ciência ao Natural, de Luís Azevedo Rodrigues:

Vestígios do primeiro dinossáurio molestador.
Taradices de outros tempos.
:)

sábado, março 28, 2009

Pedido de ajuda

Via mailing list da GEOPOR:

Apreciados iberpaleos,

Me expongo a este foro para solicitaros vuestro interés y generosa colaboración al proyecto "Paleontología Cultural y Etnopaleontología Ibéricas" que estoy intentando fundamentar y desarrollar. Actualmente estoy realizando el trabajo de recopilación y interpretación de todo tipo de datos, relacionados con el folklore paleontológico español y luso, por lo cual os estaré muy agradecido si quisierais informarme sobre:

1- Nombres vulgares, asignados localmente a determinadas especies o grupos fósiles.
2- Topónimos, motivados por la presencia, en el lugar, de yacimientos o hallazgos paleontológicos.
3- Creencias y/o usos populares, vinculados a ciertas especies o grupos fósiles.
4- Leyendas populares, explicativas o justificativas de la presencia de determinadas especies fósiles.
5- Referencias bibliográficas, resúmenes, reseñas de trabajos inéditos o publicados o adjuntos de correo conteniendo artículos relativos a esta temática.
6- Nombres de personas, más o menos, conocedoras o interesadas en esta temática, no es necesario que sean "expertos", así como su nº de teléfono o e-mail, para poder establecer contactos informativos o organizativos, si es posible formar un grupo de trabajo interdisciplinar.

Cualquier información, directa o indirecta, que podáis hacerme llegar a mi buzón electrónico, sobre cualquiera de los aspectos etnográficos enumerados más arriba, aunque pueda pareceros una nimiedad sin ningún interés, será muy bien acogida y agradecida por mi parte.

Muchas gracias por vuestra atención y comprensión.

Saludos cordiales.
Heraclio Astudillo Pombo, DMACS-UdL



Comunidad Virtual de Paleontologia
http://paleopolis.rediris.es/

Seminário em Lisboa


SEMINÁRIOS

DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA MARINHA/ INETI

(Alfragide)




Terça-Feira, 31 de Março de2009 às 14.00 horas





Eng. Pedro Patinha & Eng.ª Cristina Antunes

(Centro de Informação Científica e Técnica do INETI)



TITLE:


“OneGeology” O primeiro mapa geológico digital do planeta disponível na Internet


ABSTRACT:

No âmbito das comemorações do Ano Internacional do Planeta Terra, o LNEG participa, juntamente com os serviços geológicos de outros 96 países, no projecto de elaboração do primeiro mapa geológico digital do mundo.


O OneGeology é apoiado pela UNESCO e seis outros organismos internacionais, constituindo o projecto emblemático da ONU para o Ano Internacional do Planeta Terra 2008. Os principais resultados deste projecto são os seguintes:

1. Disponibilização de Mapas Geológicos de todo o mundo acessíveis na Internet (inicialmente à escala 1:1 000 000, sendo também possível a integração de escalas de maior pormenor);

2. Desenvolvimento de uma nova linguagem Web para a geologia, que permita a partilha de dados entre nações e com o público (GeoSciML);

3. Partilha de know-how entre todas as nações, independentemente do seu estatuto de desenvolvimento, para que todos possam participar e beneficiar.

Ao explicar a importância e o significado deste projecto, Ian Jackson, coordenador do OneGeology, afirmou: "Os mapas geológicos são instrumentos essenciais na identificação dos recursos naturais, por exemplo, água, hidrocarbonetos e minerais, bem como no planeamento da minimização de riscos geológicos tais como, sismos, vulcões e radioactividade natural. Os recursos naturais são uma fonte fundamental de riqueza para todas as nações, especialmente para aqueles que precisam de desenvolver e construir as suas economias. A identificação de riscos geológicos é muitas vezes uma questão de vida ou morte. Outros desafios que todas as nações têm de enfrentar no século XXI incluem a subida do nível do mar, a gestão de resíduos (nucleares ou domésticos) e o armazenamento de carbono. O conhecimento das rochas, das quais todos dependemos, tornou-se cada vez mais importante e o conhecimento e a partilha num momento de mudanças ambientais globais é crucial".

Infelizmente, a informação sobre a geologia nem sempre está actualizada, inter-relacionada, e em algumas partes do mundo, nem sequer está disponível! Este é o desafio a que o projecto OneGeology se propõe.


Pessoas a contactar para os seminários do DGM/INETI:

Pedro Ferreira
E-mail: pedro.ferreira@ineti.pt
Telefone: 214 705 516

Mário Mil-Homens
E-mail: mario.milhomens@ineti.pt
Telefone: 214 705 516

"100 Horas de Astronomia"

Do Blog AstroLeiria publicamos o seguinte post:


Portugal pronto para “maratona astronómica” mundial

Projecto-Chave do Ano Internacional da Astronomia já conta com diversas iniciativas em território nacional

O Ano Internacional da Astronomia (AIA2009) promove entre dois e cinco de Abril um dos mais ambiciosos projectos do ano, as "100 horas de Astronomia". O objectivo é simples e o desafio estimulante: fazer com que, pelo mundo inteiro e ininterruptamente durante 100 horas, as pessoas possam observar o Universo através de um telescópio, assistir a uma palestra sobre um tema de astronomia, ver uma sessão de planetário ou descobrir na Internet como trabalham os investigadores. Em Portugal, os astrónomos profissionais e amadores mobilizam-se para proporcionar ao público quatro dias e noites de festa astronómica. Com 28 eventos organizados de Norte a Sul do país, Portugal figura entre os países mais dinâmicos da Europa. E as iniciativas prometem multiplicar-se até ao início das celebrações.

Com mais de 1500 eventos programados em perto de centena e meia de países, as “100 Horas de Astronomia” afiguram-se como o maior evento científico de sempre aberto ao público. Cerca de um milhão de pessoas, nos cinco continentes, devem participar na iniciativa. Essa maratona astronómica, nunca antes realizada, também vai acontecer em Portugal. A organização nacional do AIA2009 convida os portugueses a fazer parte desse projecto recorde, ao deslocar-se até um dos pontos de actividades para espreitar através dum telescópio e descobrir a beleza do céu.

Mas não só. Inspirando-se das três principais iniciativas que vão animar as “100 horas de Astronomia” à escala global (“Around the World in 80 Telescopes”, “Global Star Party” e “Sun-day”), Portugal, que segue de perto países como a Suíça, a Alemanha e a França na organização do projecto, vai entre 2 e 5 de Abril realizar diversas actividades originais, abertas a todos, de Trás-os-Montes ao Algarve (http://www.astro.up.pt/caup/eventos/aia2009/100horas/where.php).


ACTIVIDADES NOS CENTROS, NAS RUAS OU A PARTIR DE CASA

Para celebrar a Astronomia, será por exemplo possível aderir às “astrofestas” que vão ter lugar entre Lagoa e o Carvoeiro ou em Ponte de Sor ou, mais simplesmente, participar nas noites de sexta-feira (3 de Abril) e de Sábado (4) numa das sessões do “E Agora eu Sou Galileu” (em Lisboa, Espinho, São Pedro do Estoril, Constância, Mira, Coimbra, Faro, etc...), outro projecto promovido a nível nacional pelo AIA2009 que se associa às “100 Horas de Astronomia”. Nesse âmbito, qualquer astrónomo amador que tenha à disposição um telescópio é convidado a disponibilizar os seus meios de observação em locais públicos, de modo a que possa partilhar o céu nocturno com o maior número de pessoas possível.

Os interessados poderão também acompanhar a partir de um ponto de retransmissão ou em casa, pela Internet, “A Volta ao Mundo em 80 Telescópios”, um webcast vídeo de 24 horas com ligações em directo aos mais importantes observatórios astronómicos do mundo. Com início marcado dia 3 às 10 horas da manhã (hora portuguesa) no Havai, e até ao dia seguinte à mesma hora, essa transmissão feita pela Ustream.tv pretende abrir pela primeira vez as portas desses centros e mostrar como trabalham os astrónomos profissionais dos observatórios mais avançados do planeta, no Chile, nas Canárias e na África do Sul, entre outros, permitindo ainda ao público questionar os especialistas através do envio de mensagens electrónicas.

As “100 Horas de Astronomia” portuguesas contam também com momentos únicos. O Centro Multimeios de Espinho propõe assim às famílias um serão inédito no Sábado 4 de Abril: de saco-cama às costas, pais e filhos irão experimentar passar uma noite ao “relento”, dentro do Planetário. O “Acampar no Planetário” propõe ao longo da noite diversas actividades pedagógicas em que os mais novos serão familiarizados com alguns conceitos do Universo e irão descobrir diferentes constelações. Em Paços de Ferreira, as crianças irão também pernoitar sob as estrelas. A pensar nos mais crescidos, o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) promove a difusão de um filme promocional sobre as “100 horas de Astronomia” nos comboios e estações do Metro do Porto.

A Escola Secundária Domingos Rebelo (Ponta Delgada) organiza ainda o I Congresso Internacional de Astronomia nos Açores (O Universo nos Açores: http://www.angra.uac.pt/aia2009/The%20Universe%20in%20the%20Azores.pdf) aberto a professores, alunos, astrónomos amadores e a todos os interessados em Astronomia. Durante os 3 dias das "100 Horas de Astronomia", vai igualmente decorrer no NUCLIO (São Pedro do Estoril) uma maratona de outro género: os promotores do Galileo Teacher Training Programme (http://www.astronomy2009.org/globalprojects/cornerstones/galileoteachertraning/) de 40 países diferentes vão encontrar-se online e comunicar via Internet para mostrar o que estão a desenvolver no seu país no âmbito do programa.

No domingo 5 de Abril, o Sun-day, ou Dia do Sol, encerra as celebrações das “100 Horas de Astronomia” com propostas dedicadas à estrela. Em Portugal, à semelhança do que aconteceu na "Alvorada do AIA2009" a 1 de Janeiro, a organização solicita a comparência de todas as pessoas com capacidade de observar o Sol em segurança para dar a conhecer a estrela a amigos, vizinhos, ou mesmo a desconhecidos que passam na rua.

O Ano Internacional de Astronomia é organizado em Portugal pela Sociedade Portuguesa de Astronomia, com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), da Fundação Calouste Gulbenkian, o Ciência Viva e a European Astronomical Society (EAS).

Imagens:

Eventos em Portugal:


Projectos globais no mundo:

- Opening Event: A VIP event at the Franklin Institute in Philadelphia will feature one of Galileo's telescopes. The Director of the Institute and Museum of the History of Science in Florence, which holds the two remaining Galileo telescopes, will speak on the importance of Galileo's telescopes and the discoveries he made with them.

- Live Science Centres Webcast: Select science centres will participate in a live webcast featuring discussions on current topics in astronomy on 2 April. Live observations will be made by visitors to select science centres using telescopes operated remotely over the Internet. Science centres worldwide will feature enhanced outreach programmes, many with the participation of amateur astronomy groups holding public observing sessions.

- Around the World in 80 Telescopes, 24-hour Research Observatory Webcasts: Astronomers at professional research observatories around the world will take viewers inside their telescope domes and control rooms during a live 24-hour webcast on 3 April.

- 24-hour Global Star Party: For 24 hours on 4 April, telescopes (including solar telescopes) will be made available for public viewing by astronomy clubs and observing groups free of charge. The goal is to allow as many people as possible to have a chance to look through a telescope.

- Sun Day: 5 April, sunrise local time and organised by the Solar Physics Task Group. We all owe our existence to our closest stellar neighbour, the Sun. Without it, all life on earth would perish. The last day of 100 Hours of Astronomy (Sunday) has been set aside to highlight and celebrate the Sun.

- 100HA Junior: This is a collaboration between 100 Hours of Astronomy and Universe Awareness (also an IYA global cornerstone project) to connect amateur and professional astronomers with young children around the world during (and perhaps after) 100 Hours of Astronomy.

Mais informações:

quarta-feira, março 25, 2009

Congresso sobre Planeamento e Gestão das Zonas Costeira


V Congresso sobre Planejamento e Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa


De 30 de Setembro a 2 de Outubro de 2009

Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI

Itajaí – Santa Catarina - Brasil


Mais informação:
http://www.coastgis.com.br/czcpp/


Existem diferentes realidades entre os Países de Expressão Portuguesa, entre regiões, e entre locais e comunidades. Essas diferenças são de natureza geográfica, cultural, social, económico, institucional e ambiental. Os desafios, no entanto são os mesmos, pois são reconhecidos nestes países problemas comuns nas zonas costeiras associados à existência de vastas áreas marítimas, às ocupações e actividades urbanas e turísticas, à exploração de recursos vivos e não vivos, às pressões sobre os ecossistemas, à necessidade de melhorar infra-estruturas, à organização institucional, ao desenvolvimento científico e tecnológico, ao controle de riscos, e uma premente necessidade de uma gestão costeira integrada por meio de acções contínuas e dinâmicas.

Neste sentido, o V Congresso sobre Planejamento e Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa pretende ser o palco adequado para divulgar e debater a temática das zonas costeiras junto de técnicos, gestores, investigadores e responsáveis que exercem a sua actividade nesta área. No âmbito da sua organização prevê-se a realização de debates, mesas redondas e comunicações técnicas e científicas com a colaboração de oradores convidados e autores de comunicações livres.

Participarão deste Congresso países com uma dimensão quase continental, como é o caso Brasil; os pequenos países, com características insulares como é o caso de Cabo Verde e S. Tomé e Príncipe e Timor Leste, assim como os países costeiros como Angola, Guiné Bissau, Moçambique e Portugal.

Tendo como temática: Os Instrumentos Técnicos Aplicados à Gestão Costeira Integrada, é objectivado neste encontro um maior intercâmbio de propostas entre os diferentes países de forma que as assimetrias técnicas possam ser reduzidas, e desta forma um maior intercâmbio técnico-científico e institucional possa definitivamente ser estabelecido entre os países membros da CPLP.

São objectivos gerais do V Congresso sobre Planejamento e Gestão das Zonas Costeiras dos países de Expressão Portuguesa:

  • Promover o intercâmbio de ideias e experiências em domínios da zona costeira, entre as comunidades técnica e científica dos países de expressão portuguesa;
  • Estabelecer acordos técnico-científicos para ampliar o conhecimento dos processos naturais, antrópicos e as acções mitigadoras em ambientes costeiros; e,
  • Estimular acções de formação, de investigação e de desenvolvimento de interesse comum.
  • Com o intuito de tentar integrar o Congresso com o COSTALGIS, é também objectivo identificar os avanços da ciência e da tecnologia aplicáveis à gestão sustentável das zonas costeiras e avaliar a viabilidade da sua aplicação nos países da CPLP.



    Datas importantes:
    Termino da submissão de resumos: 30 de Abril de 2009;
    Notificação do aceite: 30 de Maio de 2009;
    Pré-inscrições: 30 de Junho de 2009;
    Inscrição para os autores: 30 de Agosto 2009;
    Submissão de trabalhos completos: 30 de Setembro de 2009.


    Submissão Electrónica de Resumos:
    http://www.coastgis.com.br/czcpp/chamada_trabalho.php


    Submissão Electrónica de Inscrições:
    http://www.coastgis.com.br/czcpp/chamada_trabalho.php

    Etiquetas: ,

    terça-feira, março 24, 2009

    Bióloga portuguesa descobre duas novas espécies de insectos

    Do Blog Profundezas... roubámos o seguinte post:

    "Uma bióloga portuguesa descobriu duas novas espécies de escaravelhos, até aqui desconhecidas mundialmente.

    As duas novas espécies de escaravelhos foram descobertas pela bióloga portuguesa Sofia Reboleira em grutas da Serra d'Aire e Candeeiros, o único habitat destes insectos que se conhece em todo o mundo.

    "Só se conhecia uma espécie de escaravelho cavernícola do maciço calcário estremenho [característico da Serra d'Aire e Candeeiros] e passamos a conhecer três", afirmou à agência Lusa a bióloga e espeleóloga da Universidade de Aveiro, Sofia Reboleira.

    No âmbito da realização da sua Tese de Mestrado, a cientista desceu a cerca de cem metros de profundidade e foi surpreendida com a descoberta de dois novos escaravelhos que habitam exclusivamente no subsolo das grutas da Serra d'Aire e Candeeiros.

    "Só existem numa parte daquelas grutas e em mais lado nenhum do mundo", frisou.

    Sofia Reboleira explicou tratar-se de "espécies em vias de extinção", uma vez que pelo facto de estarem confinadas a um único habitat têm uma "população extraordinariamente reduzida" e são muito "sensíveis à poluição e às alterações do habitat". (...)"


    Fonte: Lusa.pt

    Texto completo: JN, RTP, Expresso

    segunda-feira, março 23, 2009

    Ciclo de Conferências "Descoberta das Profundezas 2009"


    Realiza-se esta sexta-feira (27), às 21.30 horas, no anfiteatro do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro a conferência intitulada: Fauna anquialina Atlântica: historias de crustáceos olvidados y poliquetos aberrantes, por Alejandro Martínez.

    Alejandro Martínez - estuda Biologia na Universidad de la Laguna, Espanha. O seu trabalho de investigação centra-se no estudo da evolução e diversidade de poliquetas intersticiais (Nerillidae y Protodrilidae) em sistemas cavernícolas do Atlântico, sob a direcção de Katrine Worsaae (UK). Espeleomergulhador e membro da Sociedade Internacional de Bioespeleologia, actualmente trabalha na publicação dos primeiros resultados do seu estudo, desenvolvido com a cooperação internacional de cientistas como Tom Iliffe, Horst Wilkens (UH), Stefan Koenemann, Pedro Oromí ou Jorge Núñez.

    O ecossistema anquialino alberga fauna com características únicas e invulgares, adaptadas à vida na obscuridade. A fauna anquialina vive em águas subterrâneas com influência da intrusão costeira de águas marinhas. Nesta conferência poderão conhecer a fauna que habita as grutas anquialinas do Atlântico, desde os Cenotes do Yucatan ao Túnel da Atlântida em Lanzarote.

    Mais informações: www.neua.org ou através do email: neua@neua.org

    Feira de Ciência e Tecnologia de Estremoz


    A Feira de Ciência e Tecnologia de Estremoz (FeiCiTEst) pretende ser um evento de âmbito nacional que valorize e promova o potencial científico e tecnológico nacional. Para além de serum amplo espaço de encontro e reflexão da comunidade científica nacional permitirá ao grandepúblico tomar contacto com os últimos avanços da ciência e também com o que vem sendo feitopelos investigadores e instituições portuguesas.

    Numa Sociedade em que cada vez mais a Ciência e a Tecnologia desempenham um papel fundamental, mas em que ao mesmo tempo uma especialização cada vez maior obriga a um diálogo constante entre os vários domínios do Saber, a FeiCiTEst assume-se como um espaço único que vem preencher uma lacuna que se fazia sentir a nível nacional.

    PROGRAMA

    27 Março - 6ªFeira

    10:00 Abertura da FeiCiTEst 2009

    15:00 Cerimónia inaugural da FeiCiTEst 2009

    17:00 Debate subordinado ao tema "Matemática; da investigação ao ensino" - moderado pelo Prof. Filipe Oliveira (Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, Fac. Ciências e Tecnologia, Univ. Nova Lisboa)com a participação do Prof. Feliz Minhós (Universidade de Évora) e do Prof. Pedro Amaral (Escola Secundária Rainha Santa Isabel de Estremoz)

    19:00 CICLO DE CONFERÊNCIAS DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL; MITO OU REALIDADE? - 1ª CONFERÊNCIA
    "Human impacts on climate" pelo Prof. André Berger (Universidade Católica de Louvain & Instituto de Astronomia e de Geofísica G. Lemaître e Presidente honorário da União Europeia de Geociências) seguido de curto debate moderado pela Prof.ª Ana Maria Silva (Centro Geofísica Évora / Universidade Évora)

    21:30 Filme - "Detonação" de Jon Amiel - seguido de curto debate moderado pelo Prof. António Ribeiro (Univ. Lisboa)


    27 Março - Sábado

    10:00 Manhã infantil com a projecção do filme "Em Busca do Vale Encantado III - a época da grande partilha" de Don Bluth, seguido de conversa com o Prof. Galopim de Carvalho (Universidade de Lisboa)

    14:00 Debate subordinado ao tema "Novos materiais; que desafios?" - moderado pelo Prof. Carlos Bernardo (Departamento de Engenharia de Polímeros da Universidade do Minho) com a participação da Profª. Maria Celeste do Carmo (Departamento de Física da Universidade de Aveiro) e do Prof. Francisco Brás Fernandes (Departamento de Ciência dos Materiais da FCT / Universidade Nova de Lisboa)

    15:45 Filme - "Jurassic Park" de Steven Spielberg - seguido de discussão moderada pelo Prof. ManuelMota (Universidade de Évora)

    18:30 Sessão presidida por Sua Ex.ª o Sr. Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Professor Doutor José Mariano Gago

    19:00 CICLO DE CONFERÊNCIAS DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL; MITO OU REALIDADE?- 2ª CONFERÊNCIA
    "Hydrocarbon depletion" pelo Prof. Kjell Aleklett (Universidade de Uppsala e Presidente Association for the Study of Peak Oil and Gas / ASPO) seguido de curto debate moderado pelo Prof. Namorado Rosa (Centro Geofísica Évora / Universidade Évora)

    23:00 Encerramento da FeiCiTEst 2009

    Encontro Nacional de Estudantes de Geociências


    Com o intuito de desenvolver o contacto e partilha de ideias entre estudantes de Geociências e os recém formados nesta área, surge novamente já na sua VI edição o Encontro Nacional de Estudantes de Geociências, será organizado pelo GEOUE (Núcleo de Geologia da Universidade de Évora) e pelo departamento de Geociências da Universidade de Évora em parceria com o Laboratório de Investigação de Rochas Industriais e Ornamentais de Universidade de Évora e decorrerá de 3 a 7 de Abril de 2009.

    Alcançado o sucesso em edições anteriores, e dando continuidade a este projecto, a sua pretende que esta seja mais uma das muitas ocasiões em que os estudantes de Geociências possam apresentar os seus trabalhos à restante comunidade cientifica, alguns de grande valor, mas que muitas vezes esquecidos.

    Esta actividade tem ainda uma característica especial que é a troca de experiências entre estudantes que frequentam licenciaturas ligadas ou com afinidade à geologia e à exploração de recursos naturais.


    Mais informações:


    Inscreva-se Aqui

    Programa Geral

    domingo, março 22, 2009

    Poesia para o Dia da Água


    E que melhor escolha do que a poetisa que amava o Mar...?!?


    No alto mar

    No alto mar
    A luz escorre
    Lisa sobre a água.
    Planície infinita
    Que ninguém habita.

    O Sol brilha enorme
    Sem que ninguém forme
    Gestos na sua luz.

    Livre e verde a água ondula
    Graça que não modula
    O sonho de ninguém.

    São claros e vastos os espaços
    Onde baloiça o vento
    E ninguém nunca de delícia ou de tormento
    Abre neles os seus braços.

    in Poesia (1944) - Sophia de Mello Breyner Andresen

    sábado, março 21, 2009

    Dia Mundial da Floresta

    Post roubado ao Blog Geopedrados:




    Árvore



    Antes que tua mão para mim se levante
    pensa bem.

    Fui eu quem te deu o berço
    onde tua mãe te embalou...
    Fui no meu corpo que gravaste (disseste ao Mundo) o teu amor
    e escondi na minha sombra os teus primeiros beijos...

    Fui eu que te dei teu leito,
    onde tua mãe te gerou e te pariu...
    Fui eu que te aqueci nas longas noites de Inverno
    e te alimentei quando tinhas fome...

    Foi em mim que fizeste o teu filho,
    em noite mágica de amor…
    E é em mim que descansas
    das agruras desta vida e te recolhes, rendido ao cansaço.

    E, quando partires,
    minhas tábuas serão tua cama final...

    Pensa bem,
    antes que tua mão me abata.

    Pedro Luna - poema inédito

    I Encontro Ibérico de Biologia Subterrânea

    Post roubado ao Blog Profundezas...:

    .
    .
    Museu Valenciano de História Natural promove a organização do I Encontro Ibérico de Biologia Subterrânea.

    Este evento, que contará com a presença dos mais prestigiados investigadores na área da Bioespeleologia Ibérica, Macaronésica e Balear, decorrerá em Valência (Espanha) de 10 a 12 de Julho de 2009.

    Vocacionado para a comunidade científica que estuda a Biologia Subterrânea no âmbito Ibérico, este evento é também aberto a todos os espeleólogos interessados nas temáticas da bioespeleologia e conservação da fauna cavernícola.

    Mais informações sobre o evento, inscrições e programa, podem ser consultados no site do Museu: www.naturamuseo.org



    Valencia - España, 10, 11 y 12 de julio

    sexta-feira, março 20, 2009

    Chegou a Primavera!

    (imagem do Google de hoje)
    Equinócio: início da Primavera

    Este ano o Equinócio ocorre no dia 20 de Março às 11.44 horas. Este instante marca o início da Primavera no Hemisfério Norte. Esta estação prolonga-se por 92,79 dias até ao próximo Solstício que ocorre no dia 21 de Junho às 06.46 horas.

    "Vai-te ao longo da costa discorrendo,
    e outra terra acharás de mais verdade,
    lá quase junto donde o Sol ardendo
    iguala o dia e noite em quantidade."
    Lusíadas,II,63.

    Equinócio: instante em que o Sol, no seu movimento anual aparente, corta o equador celeste. A palavra de origem latina significa "noite igual ao dia", pois nestas datas dia e noite têm igual duração.

    terça-feira, março 17, 2009

    Cegonhas na Net - video em directo

    Post roubado ao Blog Ciências Correia Mateus:


    O Webcegonhas – Condoninho da Renata resulta de uma parceria entre o jornal Público, a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN) e a Redes Energéticas Nacionais (REN). É um projecto de divulgação e sensibilização ambiental que pretende dar a conhecer as acções que a REN desenvolve para a conservação da cegonha-branca e que vai permitir o acompanhamento de um ninho da espécie, através da montagem de uma câmara de filmar num apoio de uma linha de muito alta tensão. Imagens que vão poder ser vistas e comentadas em directo num blogue alojado no Público online.

    Esta iniciativa faz convergir os objectivos de três projectos já em curso: Programa Público na Escola, Zappiens e Programa Condoninho.
    • No âmbito do Programa Público na Escola, o Público está já a promover três projectos que têm como principal objectivo estimular a conservação da Natureza e a protecção do Ambiente, junto dos alunos das escolas básicas e secundárias: Grifos na WEB, Lagartis e Morcegos na WEB. O projecto Webcegonhas – Condoninho da Renata é o quarto a juntar-se a estas iniciativas pedagógicas.
    • A FCCN tem em curso o Programa Zappiens – um site de agregação e visualização de vídeos e conteúdos multimédia educativos e/ou científicos de qualidade, produzidos em ambiente escolar, preferencialmente em Portugal e em língua portuguesa, que utiliza o multimédia para o conhecimento. No projecto Webcegonhas – Condoninho da Renata, a FCCN fica responsável pelo alojamento e reencaminhamento das imagens para o jornal Público online, bem como pela divulgação da iniciativa através do Zappiens.
    • O Programa Condoninho, que a REN pôs em marcha em 1993, surgiu para realojar um número crescente de famílias de cegonhas-brancas que elegiam os postes de electricidade para construir os seus ninhos. Desde então, a REN já realojou mais de 1700 ninhos, com a instalação de plataformas em locais seguros para a nidificação e pela colocação de campânulas próprias para afastar as cegonhas das zonas perigosas.
    O Webcegonhas – Condoninho da Renata não implica a captura nem a manipulação de indivíduos de cegonha-branca, mas apenas a filmagem de um ninho da espécie que vive em estado selvagem.


    segunda-feira, março 16, 2009

    Saturno visto da Terra ao longo de 2 anos

    Do Blog AstroLeiria publicamos o seguinte post, de autoria de João Cruz:
    Desde 2007 até agora, já passámos 3 vezes por Saturno, na nossa órbita à volta do Sol.

    Saturno (que demora 29 anos a completar uma órbita) apenas se deslocou "um pouco" no céu nocturno.

    Este ano de 2009 é especial pois o nosso planeta fica alinhado com o plano dos anéis, fazendo-os "desaparecer". Este fenómeno é visível nesta sequência de imagens que mostram como os anéis se vão fechando até ao momento em que ficarão alinhados com a Terra. Infelizmente não será possível observar esse acontecimento, pois nessa altura o Sr. dos Anéis estará por trás do Sol, inviabilizando qualquer tentativa de o conseguir a partir da Terra :(

    Enquanto que o nosso planeta percorreu quase 2 mil milhões de Km (2 órbitas), Saturno apenas percorreu 628 milhões de km... se as contas não estão erradas :) para perceber este fenómeno, basta pensarmos no que acontece com a patinadora no gelo, quando gira sobre si mesma: se "abrir" os braços, roda devagar, mas quando os "fecha" junto ao peito, acelera a velocidade de rotação.

    Nota: A foto de 2007 foi tirada com recurso a uma distância focal mais curta que as restantes, pelo que o tamanho do planeta não se encontra à mesma escala que as outras duas.



    (c) Fotos de João Cruz

    Ano Internacional da Astronomia na FNAC de Alfragide

    Post roubado ao Blog AstroLeiria:


    2009: Ano Internacional da Astronomia

    Ciclo - O Caminho das Estrelas

    01.03.2009-31.03.2009

    FNAC Alfragide

    Desde sempre o homem sentiu um fascínio pela imensidão do universo, e neste ano em especial em que se comemoram os 400 anos sobre as primeiras observações de Galileu Galilei, a Fnac em parceria com a APAA (Assoc. Portuguesa de Astrónomos Amadores) convida-o a descobrir durante esta quinzena as várias vertentes da Astronomia, num ciclo de conversas, encontros, exposições virtuais e observações astronómicas. Contamos com a presença dos especialistas Prof. Guilherme de Almeida e Pedro Ré Presidente da APAA, os Astrofotógrafos Alcaria Rego, José Canela, Paulo Casquinha e Miguel Claro, Francisco Gomes perito em Observação Astronómica e José Augusto Marques, conferencista do Planetário.



    NOTA: está em exposição uma foto de um amigo e membro do Blog AstroLeiria, o João Cruz - visitem!

    8th European Geoparks Conference


    Recebido via e-mail da mailing list da GEOPOR:


    Caros amigos/colegas:

    A primeira circular e inscrição online da 8th European Geoparks Conference já se encontra disponível em www.naturtejo.com.

    Esta conferência internacional, que contará com participantes vindos de todo o mundo e não apenas da Europa, irá ser realizada no Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, mais concretamente em Idanha-a-Nova, entre 14 a 16 de Setembro de 2009.

    Alguns dias antes teremos ainda o 24th European Geoparks Network AC/CC Meeting, em Proença-a-Nova, assim como o curso "The intensive course on Geodiversity and Geological Heritage Assessment", organizado em Braga e no Geoparque pelo Departamento de Ciências da Terra da Universidade do Minho (mais informação em http://www.dct.uminho.pt/cct/intensivecourse/intensivecourse/course.html).

    As diversificadas excursões pós-congresso estão a ser organizadas com os responsáveis dos restantes geoparques portugueses de Arouca, Açores e Porto Santo, decorrendo entre os dias 17 e 22 de Setembro. Paralelamente irá decorrer a I Feira de Turismo dos Geoparques Europeus em simultâneo com a Feira Raiana de Idanha-a-Nova, assim como o I International Film and Internet Festival, nas povoações de Penha Garcia, Monsanto, Idanha-a-Velha e Idanha-a-Nova (vejam mais informação sobre este festival de documental em www.ifif09.blogspot.com).

    Contamos com a vossa participação. Os estudantes têm um preço de inscrição especial. Todos serão muito bem-vindos!

    Carlos Neto de Carvalho
    Geopark Naturtejo Meseta Meridional (UNESCO European and Global Geopark)

    domingo, março 15, 2009

    Sismo no Alentejo


    Mais um sismo no Alentejo:

    Data(TU)Lat.Lon.Prof.Mag.Ref.GrauLocal
    2009-03-15 13:51 38,32 -7,97 4 3,0 E Viana do Alentejo IIIViana Alentejo

    Os dados são do Instituto de Meteorologia (IM) e no seu site tem ainda a imagem que serve de início a este post.

    quinta-feira, março 12, 2009

    Inauguração do Centro de BTT - Ferraria de S. João





    O Centro de BTT das Aldeias do Xisto é a primeira infra-estrutura do género em Portugal, com equipamentos exclusivos para os amantes de BTT disponíveis em regime de self-service, e 196 km de trilhos do tipo cross country. Este centro vai ser inaugurado no próximo dia 14 de Março, de 2009, em Ferraria de S. João.

    Programa

    Sábado - 14 de Março

    10. 00 horas - Inauguração do Centro de BTT das aldeias do Xisto da Ferraria de S. João
    10.30 horas - Início simultâneo de três percursos guiados:
    • Percurso da Aldeia: 2 km; 30 minutos; muito fácil
    • Percurso Verde nº1: 4 km; 1h; fácil
    • Percurso Azul nº2: 10 ou 20 km; 2-3 h; fácil/médio

    Período da Tarde - possibilidade de realização autónoma de qualquer dos percursos inaugurados ou visita às Aldeias do Xisto da Região.

    Domingo - 15 de Março

    09.30 horas- Início simultâneo de dois percursos guiados:
    • Percurso Vermelho nº3: 29km; 3-4 horas
    • Percurso Preto nº4: 48km; 5-6 horas
    • Percurso Vermelho nº15: 75km, 7-8 horas
    09.30 horas - Início do percurso pedestre Ferraria de S. João - Casal de Simão. Troço linear da Grande Rota das Aldeias do Xisto que liga estas duas aldeias com a extensão de 11 km (5 horas). Inclui transporte de regresso ao ponto de partida.



    Mais informações:
    Oferta de lembranças, petiscos e duche.
    Possibilidade de pernoita em acampamento ou diversas opções de alojamento.
    Haverá um número limitado de bicicletas e capacetes para utilização dos participantes. Inscrição prévia aconselhada e gratuita.

    ADXTUR

    Agência para o
    Desenvolvimento Turístico
    das Aldeias do Xisto
    Centro Dinamizador
    6230-137 Barroca
    » info@aldeiasdoxisto.pt
    » www.aldeiasdoxisto.pt
    Telefone: 275 647 700

    Câmara Municipal de Penela

    Praça do Município
    Tel: 239 560 120
    cmpenela@cm-penela.pt

    www.cm-penela.pt


    segunda-feira, março 09, 2009

    O Mistério da Estrelinha Curiosa - currículo da autora

    Do Blog AstroLeiria publicamos o seguinte post:


    Aqui fica a capa do livro "O Mistério da Estrelinha Curiosa", que a minha amiga Leonor Lourenço vai mostrar na Livraria Arquivo (em Leiria) no próximo domingo, dia 15 de Março de 2009, pelas 15.00 horas (com a apresentação do Doutor Luís Filipe Barbeiro - ESEC/IPL), conforme por nós aqui anteriormente referido.

    E, já agora, um breve resumo do CV da autora:
    Leonor Lourenço vive em Leiria. É Educadora de Infância há 25 anos e Mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação do Porto.

    Iniciou a sua actividade literária na Revista Rua Sésamo.

    Participou em dobragens de desenhos animados para a RTP (Estúdios SomNorte) onde emprestou a voz a diversas personagens.

    Frequentou um curso de Ilustração/Banda Desenhada no Centro no Centro de Arte e Comunicação Visual em Lisboa (Ar.Co) e diversos workshops sobre ilustração.

    Recebeu o primeiro prémio do concurso literário “Sussurrar uma história” promovido pela Livraria Arquivo em Leiria, com o trabalho “Em Alto Mar”.

    Dia Nacional dos Moinhos - 7 de Abril


    4 de Abril de 2009Dia dos Moinhos Abertos

    7 de Abril de 2009Dia Nacional dos Moinhos

    A Rede Portuguesa de Moinhos, na sequência do êxito das actividades no Dia dos Moinhos Abertos de Portugal de anos anteriores, pretende reeditar a iniciativa dos Moinhos Abertos de Portugal no próximo dia 4 de Abril (sábado).

    Este Blog associa-se à comemoração e deseja aos organizadores o maior sucesso...

    http://www.moinhosdeportugal.org/

    sábado, março 07, 2009

    Apresentação do livro "O Mistério da Estrelinha Curiosa"

    Post em conjunto com o Blog AstroLeiria:


    A minha amiga Leonor Lourenço vai fazer o lançamento na Livraria Arquivo (em Leiria) no próximo domingo, dia 15 de Março de 2009, pelas 15.00 horas (com a apresentação a cargo do Doutor Luís Filipe Barbeiro, docente na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria) do seu livro "O Mistério da Estrelinha Curiosa", publicado pela Soregra Editores.

    É bom saber, neste Ano Internacional da Astronomia, que há uma autora que consegue aliar tão habilmente a ciência e o conto infantil... Como li antecipadamente este livro infantil excelentemente ilustrado e ainda melhor escrito, recomendo vivamente a sua aquisição - eu lá estarei, para que o meu exemplar seja autografado pela autora...!

    Comparece - a entrada é livre!

    Starparty Galáctica - Primavera 2009

    Post em estereofonia com o Blog AstroLeiria:


    Vai realizar-se, já nos próximos dias 4 e 5 de Abril de 2009, o Starparty Galáctica, em Montargil, Ponte de Sôr.

    Montargil, localizado praticamente no centro do País, facilita a que todos os Astrónomos possam de uma forma relativamente fácil possa participar. Está a cerca de 130km de Lisboa, 300km do Porto e 315km de Faro.

    Ao contrário da edição de 2008, não haverá edifício de apoio, as actividades vão centrar-se principalmente nas observações. Ou seja, há que ter atenção que poderá não haver no local electricidade, água, casas de banho, etc. - apenas ar livre...!

    Paralelamente, estaremos a participar em conjunto com a Astrofesta Global do programa da 100 horas de Astronomia, do Ano Internacional de Astronomia (AIA2009), que centra nos seus objectivos por o máximo de pessoas possível a observar o céu através de um telescópio. A Astrofesta Global será o maior evento de divulgação de Astronomia de todos os tempos.

    De qualquer forma:

    1. Vai haver no local pelo menos um gerador de energia eléctrica. Com isto há a possibilidade do pessoal mais carente em energia eléctrica para o telescópio ou acessórios estar mais apoiado. De qualquer forma, ninguém deverá ir com o intuito de querer usar apenas o gerador. Levem sempre os vossos recursos energéticos caso necessitem deles. Gerador = Backup.
    2. Há a possibilidade de podermos vir a ter o apoio da CM local por forma a ser-nos disponibilizadas algumas ajudas.
    3. Também a confirmar a possibilidade de poder haver na Escola EB 2.3 local a disponibilização de uma sala para palestras. Este ponto não estava previsto para esta StarParty, pelo que se houver sala disponível, ainda não se sabe se haverá palestrantes.

    Este evento está a ser organizado pelo pessoal do Fórum Galáctica.

    VIII Congresso Nacional de Geologia

    Do Blog Geopedrados publicamos o seguinte post:

    Realiza-se na Universidade do Minho (Braga), de 12 a 16 de Julho de 2010, o VIII Congresso Nacional de Geologia, uma organização conjunta do Departamento de Ciências da Terra da Universidade do do Minho e da Sociedade Geológica de Portugal.

    No âmbito desta iniciativa, serão organizados 4 eventos em simultâneo:

    • VIII Congresso Nacional de Geologia: a componente técnico-cientifica do congresso;
    • 30º Curso de Actualização de Professores de Geociências: em colaboração com a Associação Portuguesa de Geólogos;
    • Congresso "A Terra e a Escola": destinado à participação de estudantes do ensino secundário;
    • Geoexpo: um espaço de divulgação das Geociências para empresas, universidades, institutos, etc.

    O site que congrega toda a informação encontra-se disponível em:


    Ao longo de 2009, o site será progressivamente actualizado de modo a disponibilizar todos os dados relevantes para os participantes dos 4 eventos.

    e-Biosphere 09: The International Conference on Biodiversity Informatics‏


    Encyclopedia of Life is teaming up with several research organizations and museums to co-host host an international conference on biodiversity informatics in June.

    If you are interested in EOL, you will want to read the e-Biosphere 09 announcement.

    Even if you can't attend the event, we invite you to join the free Online Conference Community where you can share your ideas, moderate forums, or suggest topics for discussion groups online and during the meeting.

    quarta-feira, março 04, 2009

    O ICN(B) e o desnorte ambiental em Portugal

    “O ICNB é uma tontice”, defende arquitecto Fernando Pessoa
    Reservas do país estão “a saque” denuncia criador dos primeiros parques naturais
    04.03.2009 - 20h08 Lusa

    O fundador e primeiro presidente do Serviço Nacional de Parques, Fernando Pessoa, considerou hoje que os parques naturais portugueses estão "a saque" e criticou a "inoperância" das entidades governamentais que tutelam o Ambiente.

    "O Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) é uma tontice", disse hoje o professor convidado da Universidade do Algarve à agência Lusa, à margem da apresentação de um livro.

    Segundo o arquitecto paisagista, que criou os primeiros parques e reservas naturais portugueses, o instituto está "descaracterizado" e a "estragar" o trabalho "sério" que começou no pós-25 de Abril. "Está tudo transformado num clientelismo", afirmou, apontando o caso Freeport como um dos "escândalos" que ocorreram na Reserva Natural do Estuário do Tejo e que, diz, não constitui caso único.

    O responsável falava à margem da cerimónia de apresentação do livro "Árvores e Arbustos", do arquitecto José Marques Moreira, que foi hoje apresentado na Universidade do Algarve.

    Quanto à Ria Formosa, que se estende por cinco concelhos algarvios, entre Loulé e Vila Real de Santo António, Fernando Pessoa salientou os "ataques" que têm sido feitos àquele sistema lagunar. "Qualquer dia [a Ria Formosa] parece um lago no meio do Campo Grande", ironizou, criticando o Ministério do Ambiente e ICNB de "inoperância" e acusando-os de não conseguir garantir a conservação da natureza.

    "O que se faz em Portugal vai completamente ao arrepio do que acontece no resto da Europa, nomeadamente em Espanha", afirmou, acrescentando que Portugal é o único país onde os parques não têm um director.

    "Há um supervisor para quatro ou cinco parques e com tantos adjuntos isto mais parece uma economia de mercearia", concluiu Fernando Pessoa.

    O asteróide 2009 DD45 em filme da YouTube

    NEO Asteroid 2009 DD45 from Canberra

    Notícia sobre NEO - Near Earth Asteroid

    Asteróide passa perto da Terra
    03.03.2009 - 16h57 Rafael Pereira

    Um pequeno asteróide passou ontem de “raspão” à Terra, de acordo com o Minor Planet Center (MPC) da União Internacional da Astronomia. O pequeno objecto passou a apenas 72 mil quilómetros da Terra, que representa um quinto da distância entre a Terra e a Lua e o dobro da distância da maioria de satélites de comunicações, segundo o site Sky and Telescope.

    Esta pequena ameaça celeste, designada de 2009 DD45 - que se julga ter cerca de 30 metros - passou ontem por volta das 13h00 muito perto do nosso planeta.

    O objecto foi detectado pela primeira vez no sábado por uma equipa de investigadores australianos e mais tarde confirmado pela MPC.

    O mais recente objecto que se tinha avistado passar tão perto da Terra foi o 2004 FU162, um asteróide de seis metros que passou a mais de 6 mil quilómetros no nosso planeta, em Março de 2004.

    Nos tempos recentes apenas um asteróide de dimensões semelhantes ao 2009 DD45 colidiu com a Terra. Há cem anos, a 30 de Julho de 1908, o Tunguska atingiu a terra na zona da Sibéria libertando força equivalente a 85 bombas como a de Hiroshima e derrubando 80 milhões de árvores.

    in Público - ler notícia (via Blog AstroLeiria)

    Seminário no INETI


    SEMINÁRIOS

    DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA MARINHA/ INETI

    (Alfragide)


    AMANHÃ, 5 de Março às 14.00 horas



    Doutora Paula Sá Pereira

    (Departamento de Biotecnologia do INETI)


    TITLE:

    Os microrganismos também têm uma palavra a dizer! Metagenómica e geoquímica: Relações de sucesso


    ABSTRACT:

    A metagenómica, a sequenciação em massa de todo o genoma de comunidades microbianas, permite o conhecimento dos mecanismos biológicos que estão associados a transformações geoquímicas pode agora ajudar a esclarecer comportamentos reaccionais desviantes, causados pela presença de microrganismos. As técnicas de microbiologia tradicionais são redutoras no que respeita ao conhecimento dos ecossistemas. Estas técnicas quando aplicadas à cultura e isolamento de microrganismos a partir de amostras ambientais ou complexas são úteis, mas extremamente trabalhosas e limitadas pelo baixo índice de sucesso de cultura de microrganismos ambientais, que se estima que seja entre 1 a 10% do total de microrganismos que representam a comunidade de um sistema. Deste modo, a análise genómica de microrganismos não cultiváveis em laboratório leva à caracterização da sua biodiversidade e à prospecção de novos genes de interesse em metagenomas.

    O avanço no desenvolvimento de técnicas e ferramentas moleculares tem tornado possível a ampliação do potencial do estudo da biodiversidade microbiana e inferir sobre a geoquímica de compostos. Estas técnicas, uma vez optimizadas, permitem a geração de informações importantes sobre a estrutura e dinâmica de comunidades microbianas e das suas relações com o solo.


    Pessoas a contactar para os seminários do DGM/INETI:

    Pedro Ferreira
    e-mail: pedro.ferreira@ineti.pt
    Telf: 214 705 516

    Mário Mil-Homens
    e-mail: mario.milhomens@ineti.pt
    Telf: 214 705 516

    Palestra sobre Pegmatitos em Moncorvo


    No dia 7 de Março de 2009 (Sábado), pelas 15.30 horas, decorrerá uma palestra sobre o tema “Pegmatitos – de Trás-os-Montes até sua casa” pelo Dr. Romeu Vieira, no Museu do Ferro & da Região de Moncorvo.

    O objectivo desta palestra é dar a conhecer uma área da Geologia que é pouco conhecida do público em geral, apesar das múltiplas aplicações práticas resultantes da investigação científica realizada sobretudo nos últimos 30 anos, podendo hoje falar-se num ramo específico da geologia, denominado “Pegmatologia”. Os pegmatitos são um tipo de rocha ígnea semelhante ao granito, mas mais evoluída, do ponto de vista geológico, o que propiciou a precipitação de elementos raros e metais leves, como o lítio, ou até gemas preciosas, como as água-marinhas.

    Assim, os pegmatitos abrangem uma vasta gama de aplicações, para a indústria cerâmica (louças de casas de banho), azulejaria, vidro, ou metais leves essenciais para os ships de telemóveis, baterias de computadores (lítio) e alta tecnologia em geral.


    Destes e doutros aspectos falará o conferencista convidado, Dr. Romeu Vieira, investigador do Departamento de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, que se encontra a estudar esta temática em Portugal, e em Trás-os-Montes em especial. Autor de vários artigos científicos sobre geologia em geral, mas sobretudo sobre os pegmatitos, Romeu Vieira foi o organizador do IV Simpósio Internacional sobre Pegmatologia, realizado na Universidade do Porto, e tem colaborado no estudo de pegmatitos localizados na zona de Barroso/Alvão, Souto/Barca de Alva, e minas da Bajoca(Almendra, concelho de Foz Côa). Na zona de Riba d’Alva (Ligares), localizaram-se também pegmatitos, associados a antigas minas de volfrâmio.

    Para saber mais: http://e-geo.ineti.pt/aipt_seminar/sig/posters/Limaetal2008.pdf

    Esta iniciativa insere-se ainda no ciclo de palestras promovidas pelo Museu do Ferro, em colaboração com a secção de Geologia do PARM, coordenada pelo Dr. Rui Rodrigues, no âmbito do Ano Internacional do Planeta Terra (ano 3).

    Aproveitamos para lembrar que podem ainda visitar uma Exposição temporária, intitulada “Detalhes em Ferro”, de Aníbal Gonçalves, além da exposição permanente dedicada ao Ferro e às antigas minas de Moncorvo.

    segunda-feira, março 02, 2009

    Nova espécie de Dinossáurio - notícia no DN

    Descoberta nova espécie de dinossauro em Portugal
    FILOMENA NAVES

    Fósseis. Chama-se 'Miragaia longicollum' porque tem o pescoço longo, foi descoberto na Lourinhã e é uma nova espécie de dinossauro. A equipa do paleontólogo Octávio Mateus já publicou um artigo científico

    Quando o paleontólogo Octávio Mateus, do Museu da Lourinhã e da Universidade Nova de Lisboa, foi alertado há dez anos para o achado de um grande osso num caminho agrícola de Miragaia (Lourinhã) não podia saber que esse era o primeiro passo para a descoberta de uma nova espécie de dinossauro em Portugal.

    Este é um novo estegossauro (com placas ósseas no dorso, a lembrar a imagem de um dragão), que os seus descobridores baptizaram de Miragaia longicollum, um nome cheio de significados. Entre eles, o de pescoço comprido, uma das imagens de marca da espécie.

    O artigo científico com a descrição do novo dinossauro, que viveu no Jurássico Superior (há 150 milhões de anos), foi publicado na semana passada, na Proceedings of the Royal Society, pela equipa liderada por Octávio Mateus, que conta com uma paleontóloga da Universidade de Cambridge.

    As escavações foram feitas em 1999 e 2001. Entre 2002 e 2006, os investigadores fizeram a preparação laboratorial dos fósseis, os moldes e as réplicas. O estudo iniciou-se então e ficou concluído em 2008. "O esqueleto não está completo, mas para um dinossauro é bom", adiantou ao DN Octávio Mateus, sublinhando que "o crânio está completo, o que faz dele o único crânio de estegossauro da Europa".

    Em 2006 a equipa percebeu que aquele não era uma estegossauro como os outros. Este tem um longo pescoço de metro e meio, com 17 vértebras. "Pode haver duas razões para isto", diz Octávio Mateus. "Ou se tratou de uma adaptação, como estratégia de alimentação, por exemplo, ou houve uma selecção sexual, por preferência de parceiros com o pescoço mais compridos". O aparecimento de novas vértebras, por regulação genética e a cervicalização das vértebras dorsais terão conduzido a esse pescoço mais longo. "Mas o que isto demonstra é uma enorme plasticidade evolutiva dos dinossauros", conclui Octávio Mateus.

    in DN - ler notícia

    domingo, março 01, 2009

    Os caminhos das estrelas


    Informação recebida do programa Câmara Clara da RTP2 relativa à próxima emissão, no domingo à noite, 1 de Março, 22h30m (na foto a apresentadora do programa Paula Moura Pinheiro):

    Mais de 200 portugueses concorreram ao lugar de astronauta no primeiro concurso da Agência Espacial Europeia (European Space Agency) a que tiveram acesso. Os resultados só vão ser divulgados daqui a quatro meses, mas é sabido que Portugal conheceu, nos últimos anos, um boom de interesse e de competência em Astronomia. Dois cientistas, João Fernandes, o coordenador nacional do Ano Internacional da Astronomia, e Rosa Doran, presidente da NUCLIO, uma associação de astrónomos profissionais, amadores e professores, contam-nos em que ponto está a aventura terrestre da exploração espacial, falam-nos dos próximos destinos humanos no universo e de como será a vida extra-terrestre. Copérnico, Galileu, Newton, Einstein, Hans Bethe, Carl Sagan e muitos outros cientistas, alguns portugueses, que nos abriram o caminho das estrelas são lembrados ao lado de Van Gogh, Goethe, Holst, Kubrick e David Bowie, entre os muitos criadores que trabalharam sobre o confronto do homem com o espaço. Rosa Doran e João Fernandes declaram-se optimistas - e todos vão perceber porquê.

    Post roubado ao Blog De Rerum Natura (via Blog AstroLeiria)

    Celebrações do dia


    Faz hoje 719 anos que foi assinado em Leiria, por El-Rei D. Dinis, o documento Scientiae thesaurus mirabilis, que cria a Universidade de Coimbra. Eu, tal como todos os ex-alunos desta grande Instituição, recordamos hoje a sua importância a nível pessoal, nacional e mundial...

    Hoje é ainda celebrado o Dia Internacional da Protecção Civil - como geólogo e ex-bombeiro não poderia deixar passar em branco esta data.


    Mapa de isossistas do sismo de 28 de Fevereiro de 1969


    A título de curiosidade, aqui fica o mapa de isossistas do sismo de 28 de Fevereiro de 1969, que afectou todo o nosso país. Eu tinha apenas 1 ano e meio e claro que não me lembro de nada, mas a minha mãe recorda-se perfeitamente de acordar com tudo a mexer (a louça a tilintar e as madeiras da casa a rangerem) e, ao tentar acordar, assustada, o meu meu pai, obteve deste a informação de que era apenas um sismo e que o deixasse dormir...!

    Nessa noite, depois das três horas da manhã, muitos já não dormiram e passaram a noite ao relento em todo o país - e é de admirar que só tenha havido um morto...